fbpx

O pop é político

O pop é político

Por Carolina de Assis

A não ser que você tenha passado o último ano fora do Brasil e sem nenhum contato com brasileiros nas redes sociais, você pelo menos ouviu falar sobre algumas das revoluções ocorridas na música pop brasileira em 2017. Anitta, Pabllo Vittar e as “feminejas” são alguns dos fenômenos que ocuparam meios tradicionais como rádios e programas de TV e também, e principalmente, as plataformas de streaming e as redes sociais.

Leia mais